sexta-feira, 13 de julho de 2012

Minhas sete ou novas mentiras




Hoje ele amanheceu longe de mim, horas na estrada ouvindo suas músicas que nem curto. Toda vez, é uma outra vez, damos risadas de tudo. Ele nem reclama mais do tom do meu cabelo, está do jeito de quem não pinta há cinco meses não decidi se quero preto azulado ou loiro bronzeado. Da mesma forma, eu não me irrito mais com sua mania de tudo deve estar no mesmo lugar há dez anos.

Não temos uma música, não temos um ritual como andar com as mesmas cores em dias frios ou assistindo futebol. E eu... não gosto de assisti. 


Eles acham que estamos namorando... Vocês acham isso.


Eu apenas escrevo um monte de mentira, quem sabe eu acredito mesmo e acontece algo novo na minha vida, alguma verdade boa pra dar risada. 


Aliás, minhas risadas são sinceras, das boas e bem largas, não estou afogada em solidão, estou tão lúcida desse copo de vida. 


Ele está voltando pra mim agora, me ligou e está dando risadas... O que será dessa vez!? O que será que aconteceu?

Nenhum comentário:

Postar um comentário