domingo, 15 de janeiro de 2012

Dona do mundo não é chefe de cozinha



Sinto-me diferente, cheia de mim, porém, com uns desgastes aqui ou acolá confortáveis até. Que cada suor valesse um pouco mais o sacrifício, nessas horas acredito que a preguiça fugiu. E fico surpreendida com o que posso fazer, como: sobremesas, sobremesas, sobremesas e sobremesas.

Não consigo lembrar dos meus infortúnios sem dar aquele largo sorriso frenético, enquanto faço coisas de dona de casa. Enquanto faço coisas de dona de casa!? Ok! São tarefas de casa, mas trabalhando sem reclamar!? E a folgada da minha irmã grudada no celular! É, eu mudei mesmo.

To velha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário