sexta-feira, 25 de novembro de 2011

A falta sumiu



Estávamos complicados demais, a marca do torrencial ficou, já não perturba mais, lições do que devemos fazer um pelo outro.

Eu sempre fui sua falta e a minha perdeu-se na dele e vice-versa.

Graças te dou, Deus, que nos proporcionou nossa descoberta, nosso encontro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário