quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Amor em preto e branco



Você sabe o que fez? 

Me deixe com minhas tentivas. 

Não sou sua literatura, eu sou de verdade. E depois de mim, tem mais, de outros eus, meus compromissos, a quem devo satisfação.

Será que não conversaram com você querendo saber a sua última declaração de amor? Já fuçaram teu histórico de desapego? Não o empurraram quando você estava simplesmente mergulhado nas suas agonias? As pessoas entendem você? Os seus próximos cobram demais, né!?

Você lembra o que fez? Aliás, você tem noção de quantas pessoas você atinge? Não, você não sabe.

Talvez não lembre mesmo.

E como disse um dia.... ah! Sim! Lembrei: Enquanto o amor não vem a gente brinca de ser feliz.

Seu amor é seu amor-próprio, narcisista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário