quarta-feira, 10 de agosto de 2011

De pernas pro ar




Os dias estão mais compridos, o sol mais amigo, há espaço e tempo pra exercícios. Não me falta nada, apesar de tudo, estou completa. Completamente cheia. Noites coloridas e de glória, não procuro entender o que se passa aqui pelo sul do Piauí, estou preparada pra qualquer mergulho que inunde minha alma, nada de enjoos e penhascos ou desertos. Nada de todo dia, sou um grande exagero, preciso de pausa, de sossego. Ficar de pernas pro ar, de bocejos e sorvete. Tempo de amar, de se curti, de existir e de fazer acontecer. Estou na minha história: Eu e você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário