quinta-feira, 26 de maio de 2011

Olha que coiso mais lindo, mas cheio de graça...

achei na net


O amor sempre chega assustando, roubando os movimentos das pernas, secando a boca e adrelinando o coração à velocidade de um motoqueiro sem noção. Razão de muitas decisões desfeitas; fazendo a vítima correr cegamente sem se preocupar com ossos que estão em desordem e feridas abertas nos pés.

Tem gente que se lança, outros balança, mas não tem jeito, logo se entregam. É um inimigo que te alcança mesmo vestidos de miséria e escuridão. Que pode ser do mundo dos sapatos aos estados físicos do chão. Mas que, do chão não passa. Tudo se encaixa perfeitinho.

O amor pode facilmente passar-se por um "parasita" (carinhosamente apelidado, ok?). Dentro da vítima ele não só consome as vitaminas, como também o último dos pensamentos, àqueles que a gente esconde de todo mundo. Ele te vê nu, que chega a ser assombroso a sua eficiência em perspicácia. E se tornam um só.

Não importa como o parasita se instala, mas a força que dele provém. É tão simples, e ao mesmo, entorpece qualquer letrado. Apagando memórias, traumas e no mais: é a razão de ser, de estarmos, de comprarmos, de vestirmos, de trabalharmos, de facultarmos, de crescermos, de..., de cantarmos, de pregarmos, de suarmos, de carmos, de farmos, de tardos e de parmos! Pois é... pifei. Infectada.

3 comentários:

  1. o q é o amor p/vc.... verdadeiro

    ResponderExcluir
  2. Não sei se você percebeu que há várias postagens de amor aqui, saber o que é amor é difícil. O que poetas consagrados não puderam definir, eu Rebequinha, não posso! rsrsrs... Sou capaz de escrever minhas emoções, mas isso não me impedi de especular que o amor é todo dia, aceitar os dias juntos, construir e desconstruir; é a certeza que felicidade é estar perto do(a) amado(a), ou você não gosta de ficar perto de quem você é apaixonado(a)? Que você não fica bobo(a) quando estão juntos? Só quer aquela pessoa? Não importa o reboliço na barriga que ela te cause, é um mal-estar tão bem elaborado e gostoso de ter que Deus criou.

    ResponderExcluir