sábado, 9 de abril de 2011

Marcas de um tempo e outros tempos

A curiosidade é mais importante do que o conhecimento.(Albert Einstein)

Minha fotografia

Ela, ele e eu.

Todos planejam algumas ruelas e mais outros Estados, como se a vida fosse uma ciranda-cirandinha. Fazer cidadezinhas, girar piões, pintar o rosto de tinta guache, correr de joelhos sujos e um largo sorriso.

Ela e ele nem caminham  juntos. O pensamento deles se cruzam no interno mundo deles, as ideias deles são diferentes, as casas deles estão há quilômetros de distância do consenso. Os seus talentos se confrontam diariamente, suas experiências quase vida acontecida foram sempre assustadoras ou no mínimo constrangedoras.

Eles têm uma conexão forte e hábeis tratando-se de encher seus vazios. Os olhos deles seguem como um casal normal. No entanto, não são. São apenas conhecedores do que sentem e do que precisam. Por isso estão juntos.

E a cada passo dela, cada palavra, ele se apresentou crítico daquilo que os grudavam deixando-os impossíveis. Um incrédulo. Sempre em desvios, equívocos, acolhimento; dormência. Não o culpo.

Eles conseguiram construír em dias: cômodos de uma casinha, um quintal, pedaços de um paraíso e um instante pra mais construções.

Ficaram apenas na tentativa em morar lá, naquela casinha. O sempre se tornou esmagador. 

Os desentendimentos foram inevitáveis. 

Percebo um abismo que eles precisam enfrentar de mãos dadas. Cair juntos. Cair pra outra distância, quase vizinhos, possíveis de tudo que desejaram ter. Ou... E só precisam fechar os olhos e saltar.

Apenas um toque de sinceridade, de amor-próprio, de ânimo, de coragem e talvez de menos arte para ambos.

Atingir um certo conforto e é hora de mudar, de buscar mais conhecimento. A vida me mostrou um leque de oportunidades em que parar não é boa ideia. Aprendendo a encarar as perdas. Seguir mais além, porque a vida não é só o que nós conhecemos. Terá algo mais, mesmo dependentes do não visível pela frente. 

Existe um Lugar pra todos.

Basta crermos e coragem!

Nenhum comentário:

Postar um comentário