quarta-feira, 2 de junho de 2010

Um abraço

Oi amor, hoje passei com pressa, lá na casa do Seu Cássio, pedi pra ele me liberar mais cedo, pra te dar um beijo, mas ainda estou com pressa preciso ir ao sítio da vovó, pra ver minha tia, amo demais aquela mulher, vou ficar uns dias lá, não vou poder estar aqui, mas eu vim aqui, pra te chamar de amor, te chamar de Raimundo porque é lindo, é lindo esse nome, parece universal ‘raiMundo’. Reencontrar minha vida com cheiro de mato. Eu tenho que ir, eu vou, já morrendo, morrendo de saudade. Raimundoooooooooooooooo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário