segunda-feira, 24 de maio de 2010

Momentos



Num to a fim de me justificar, nem convencer ninguém, quero compreensão, realmente podem ir embora, vou dar tchau, sem nenhum pesar, sem dor, sofria sim no antes, naquela de perda sem ter perdido, quando fugia das minhas mãos. Hoje e os outros dias são meus, eu e eu.

Liberdade sem abstração, o óbvio tramitando, excluindo cores, valorizando a porta, com luz e muita luz, eu e eu. 



Não tem texto final. Sempre em edições, volto podendo excluir, adicionando e assim eu não enjôo, sem tédio na rotina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário